Os Jardins Suspensos da Babilônia e os seus mistérios

De todas as maravilhas do mundo antigo, os Jardins Suspensos da Babilônia, é provavelmente o que menos se sabe.

Mas antes de falar sobre essa antiga maravilha do mundo, trarei algo bom para você que pretende viajar, independente do lugar!

Este painel abaixo encontra promoções em hotéis ou pousadas em qualquer lugar, basta que você coloque o nome da região ou hotel que gostaria de ir. Clique em “ver todas as ofertas” para que você tenha acesso a todas as promoções disponíveis : – )



Booking.com

As especulação sobre os Jardins Suspensos da Babilônia

Jardins suspensos da Babilônia - foto 4

Muita especulação sobre as dimensões e formas foram estudadas, porém nenhuma descrição detalhada ou vestígio arqueológico foi encontrado. Apenas um poço parece ter sido usado para bombear água.

Construído na Babilônia a mando do Rei Nabucodonosor no século VI A.C., tornou-se uma das principais obras arquitetônicas da Mesopotâmia.

O que se sabe sobre os Jardins Suspensos da Babilônia

Jardins suspensos da Babilônia - foto 3

Alguns documentos antigos dizem que os Jardins Suspensos da Babilônia davam acesso ao Palácio do Rei, que o construiu para agradar as vontades de sua esposa preferida, Amitis.

Localizado perto do Rio Eufrates, possibilitou que um grande sistema de irrigação fluvial atingisse a superfície, através de poços enormes em forma de arcos que chegavam a medir 23 metros de altura.

Construídos por tijolos revestidos de betume e chumbo para mantê-los seco e água irrigada, já que as pedras eram raras no território da Babilônia.

Sua preservação era mantida por escravos por sistemas de roldanas e baldes para encher as piscinas e cascatas.

Como eram os Jardins Suspensos da Babilônia

Jardins suspensos da Babilônia - foto 2

O complexo todo dos Jardins suspensos da Babilônia eram composto de seis terraços construídos como andares, dando idéia de serem levadiços. Os andares tinham 120 metros quadrados, apoiados por grandes colunas que chegavam a medir 100 metros.

Cada superfície era decorada com jardins botânicos que continham árvores frutíferas, esculturas de deuses, cascatas que fluíam na superfície retangular.

A pouca documentação acerca dos Jardins Suspensos da Babilônia

Jardins suspensos da Babilônia - foto 1

Embora possamos imaginar a rara beleza, muito pouco se sabe como eram mantidos, qual a sua finalidade e posteriormente sua total destruição. Nenhum documento encontrado na Babilônia nesse período cita o registro da existência dos Jardins suspensos da Babilônia.

O que se sabe, está registrado em anotações de historiadores da Grécia Antiga, mesmo assim em pobres citações, com informações bastante vagas.

Está gostando do conteúdo?

Junte-se a comunidade dos Loucos Por Férias para receber gratuitamente artigos em primeira mão, dicas e pacotes promocionais de viagens inesquecíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *